Curso para Habilitação de Corretores de Seguros

Faça já a sua inscrição. Inicio das aulas dia 03 de fevereiro.

Faça sua adesão ao Código de Ética

O Código de Ética visa a um melhor disciplinamento ético e profissional da categoria

Seguro...Só com o Corretor de Seguros

Encontre o seu Corretor de Seguros

Seguro DPVAT é no SINCOR-SE

Para receber o benefício você não precisa de intermediário. Ligue para o SINCOR-SE

Parada pela Vida

Seja você a mudança no trânsito

terça-feira, 11 de maio de 2010

Corporação Porto Seguro convida para treinamento Itaú Auto e Residência

A corporação Porto Seguro convida os Corretores de Seguros para um treinamento da Itaú Seguros de Auto e Residência sobre os assuntos: Auto, Portal do Corretor entre outros.

O treinamento ocorrerá no dia 13 de maio (quinta-feira), no Aquários Praia Hotel, localizado na Orla da Praia de Atalaia. Antes do treinamento, que será ministrado por Emerson Randal, será servido às 7:30h um café da manhã aos participantes

Allianz Seguros aposta nas redes sociais

Fonte: Revista Apólice

Depois de contagiar usuários de todas as idades e perfis, as redes sociais ganham terreno também junto ao universo corporativo. Uma das companhias que passou a concentrar uma parte da verba publicitária nesses canais é a Allianz Seguros. Desde fevereiro a companhia patrocina o Game Bola. Há cerca de dois meses no Facebook, o jogo, que já foi disputado por 750 mil pessoas no Brasil, agora também pode ser acessado no Orkut. Com a proximidade da Copa do Mundo e o início dos torneios dentro do aplicativo, a seguradora espera manter a curva ascendente e estipula uma meta de um milhão de usuários até julho.


Novo Kia Sorento chega a partir de R$ 96.900

Fonte: Auto Esporte

Jipão vem com câmbio automático, rodas de 18” e vasta lista de equipamentos

Renovado, Kia Sorento será vendido com preços que variam entre R$ 96.900 e R$ 124.900A Kia divulgou nesta terça-feira (11) os preços da nova geração do Sorento, que começa ser vendida em todas as concessionárias da marca a partir do próximo dia 21. O jipão será oferecido a partir de R$ 96.900 em sua versão de entrada, equipada com motor 2.4, de 174 cavalos, com capacidade para transportar 5 pessoas e tração dianteira.

Na versão de sete lugares, o preço fica em R$ 115.900, valor que sobe para R$ 120.900 se também for incluído o sistema de tração integral. Quem busca mais desempenho pode optar pela pelo modelo com motor 3.5 litros, de 278 cv e controle de tração, que fica em R$ 119.900 se a tração for dianteira e R$ 124.900 nas quatro rodas e sete lugares.

Jipão começa ser vendido a partir do próximo dia 21Segundo a Kia, o modelo ganhou 95 mm de comprimento, mantendo a largura de seu antecessor. Além disso, está 215 kg mais leve e 15 mm mais baixo. Todas as versões sairão de fábrica equipadas com câmbio automático seqüencial de seis marchas, airbag duplo, freios ABS, ar-condicionado, rodas de 18”, som com MP3, entrada USB e conexão para iPod. Há também bancos de couro, computador de bordo, travas e vidros elétricos.

Falsa seguradora, Aprove começa a operar em Aracaju

Começou a operar essa semana mais uma dessas aberrações que o mercado de seguros tem que combater. A Associação dos Proprietários de Veículos - Aprove - está de portas abertas tentando ludibriar consumdores a contratar seus serviços, que não tem nenhum respaldo legal.

Segue diálogo travado por mim que comprova a comercialização de seguros pela associação

APROVE- Aprove, Michele, boa tarde

EU- Boa tarde Michele, meu nome é Rodrigo e recebi um panfleto de vocês anunciando seguro a 45 reais por mês, gostaria de saber o valor do seguro para o meu carro.

APROVE- Qual é o carro senhor?
-
EU- É um Golf Sportline 2009, tenho 23 anos, solteiro....

APROVE- É um Gol?

EU- Não, é um Golf Sportiline 2009

APROVE- Um momento por favor....

APROVE- (Outra pessoa atende) Alô como é seu nome?

EU- Rodrigo

APROVE- Bom , Rodrigo, qual é o seu carro?

EU- (Já de saco cheio) É um Golf 2009 amigo

APROVE- Rodrigo, o valor para o seu carro é v83 reais mensais e você paga uma taxa de adesão de 170 reais que é pra pagar a anuidade da assistência 24h e a primeira parcela do seguro.

EU- E tem franquia?

APROVE- A franquia para o seu carro é 2.200 reais.

EU- Tudo isso? A franquia é bem alta...

APROVE- É, mas o valor do seguro tá muito bom em relação ao que oferecem por ai

EU- Certo, e como é que a gente faz pra contratar?

APROVE- É só você vir aqui na rua Campos que a gente faz tudo.

EU- Ok, obrigado, vou dar uma passada por ai.

Anúncio da falsa seguradora

Centrais Assistência 24hs

Fonte: Segs.com.br
CENTRAIS DE ASSISTÊNCIA 24HS

Atualizado em 12 de fevereiro de 2010

ALFA SEGUROS
AUTOMÓVEL
Plano Básico e Carga Brasil: 0800 888 2532 ou 4003 2532 Exterior: (55 11) 4133 6833
Plano Plus Brasil: 0800 701 5677 ou 4001-5677 Exterior: (55 11) 4331-5135
RAMOS ELEMENTARES
Alfa Empresa, Alfa Residência e Alfa Condomínio
Brasil: 0800 701 5677 ou 4001-5677
Exterior: (55 11) 4331-5135
VIDA E ACIDENTES PESSOAIS
0800 728 VIDA (o mesmo que 8432)

AZUL SEGUROS
0800-7030203 ou Capitais e grandes centros: 4004-3700

ALLIANZ SEGUROS
Auto - 0800 130 700 - Vide Importante 1
Auto VIP - 0800 70 70 172
Países Mercosul - 00 55 11 4331 5472
Importante 1 - Válido para seguros contratados em todo o território nacional até 14.06.2009. A partir de 15.06.2009, válido somente para seguros contratados nos estados de São Paulo, Rio de Janeiro e Minas Gerais, exceto as regiões metropolitanas.
Auto - 0800 722 2163 - Vide Importante 2
Auto VIP - 0800 722 2167
Países Mercosul - 00 55 4133 6617
Importante 2 - Válido para seguros contratados a partir de 15.06.2009 nas regiões metropolitanas de São Paulo, Rio de Janeiro e Minas Gerais e demais estados do país.
Assistência Condomínio e Empresa - 0800-177 178
Assistência Residência - 0800-777 5311

BRADESCO (Aviso de Sinistro)
0800 701 2723 ou 4004 2723

BRADESCO
Carga e Passeio 0800 701 2757 ou 4004 2757
Automóvel - Vidros Protegidos - 0800 701 7997
Residencial Prime Assistência Residencial - 0800 701 2777
Residencial / Bilhete Residencial Assistência Residencial Capitais e Regiões Metropolitanas - 4004-2757
Demais Localidades - 0800 701 2757
Assistência Condomínio
Capitais e Regiões Metropolitanas - 4004-2757
Demais Localidades - 0800 701 2757

CAIXA SEGUROS
0800 702 4000

GENERALI
0800 026 4040

HDI SEGUROS
Assistência 24 horas 0800-7077724
Central de Sinistro ( 24 horas) 0800 701 5430
Disque Fraude 0800 770 4717
Central de Vistoria Prévia 0800 771 2046

HSBC
0800-174722

ITAÚ SEGUROS
Capitais e Reg. Metropolitanas 4004-4444
Demais Localidades 0800-727 4444

INDIANA SEGUROS
Capitais e Reg. Metropolitanas – 4004 2563
Demais Localidades – 0800 704 2563

LIBERTY PAULISTA
24hs Auto/Vida 0800 701 4120
24hs Condomínio/Empresa/Residência 0800 702 5100
SINISTROS 0800 709 5423

MAPFRE SEGUROS
Segurados - D. Localidades 0800 705 0101 / 4004 0101
Segurados - Capitais 0800 131 777
Corretores - D. Localidades 0800-775-9000 / 4002 9000
Corretores - Capitais 4002-9000

MARÍTIMA SEGUROS
Auto 0800-164949 ou 0800-7719119
Assistência Residência, Condomínio e Empresas 0800-17-7444

METLIFE BRASIL
Para Seguros de Vida, Previdência e Planos Odontológicos:
0800 638 5433 – Brasil
3003 5433 - Capitais e Grandes Centros.

VIDA SEGURADORA
Atendimento ao Cliente 0800 884 88 44
Captação de Sinistro 0800 709 8432

PORTO SEGURO SEGUROS
Automóvel e Moto
333-76786 (Grande São Paulo e Grande Rio).
4004-76786 (Capitais e Grandes Centros).
0800 727 0800 - (demais localidades).
SAC: 0800 727 2766 - (informações, reclamações e cancelamentos).
0800 72 78736 - (atendimento exclusivo para deficiente auditivo, através de equipamento habilitado para essa finalidade).
(+55) 11 3366-3189 (atendimento Mercosul)

Porto Seguro Ramos Elementares
3366-3110 - (Grande São Paulo).
0800 727 8118 - (demais localidades).
SAC: 0800 727 2765 - (informações, reclamações e cancelamentos).
0800 72 78736 - (atendimento exclusivo para deficiente auditivo, através de equipamento habilitado para essa finalidade).

Porto Seguro Aluguel
333-PORTO - o mesmo que 333-76786 (Grande São Paulo e Grande Rio).
4004-PORTO - (Capitais e Grandes Centros).
0800 727 2722 - (demais localidades).
SAC: 0800 727 2748 - (informações, reclamações e cancelamento).
0800 727 8736 - (atendimento exclusivo para deficiente auditivo, através de equipamento habilitado para essa finalidade).

Porto Seguro Transportes
3366-8080 - (Grande São Paulo).
0800 727 2755 - (demais localidades).
SAC: 0800 727 2761 - (informações, reclamações e cancelamentos).
0800 72 78736 - (atendimento exclusivo para deficiente auditivo, através de equipamento habilitado para essa finalidade).

Porto Seguro Vida e Previdência
3366-3377 - (Grande São Paulo).
0800-727 9393 - (demais localidades).
SAC: 0800 727 2746 - (informações, reclamações e cancelamentos).
0800 72 78736 - (atendimento exclusivo para deficiente auditivo, através de equipamento habilitado para essa finalidade).
Exclusivo para o DPVAT - Atendimento de processos:
3366-3433 - (Grande São Paulo).
SAC: 0800 727 2741 - (informação, reclamação e cancelamentos).
0800 72 78736 - (atendimento exclusivo para deficiente auditivo, através de equipamento habilitado para essa finalidade).

PortoSeg - Crédito e Financiamento
3366-6066 - (Grande São Paulo).
SAC: 0800 727 2745 - (informações, reclamações e cancelamentos).
0800 72 78736 - (atendimento exclusivo para deficiente auditivo, através de equipamento habilitado para essa finalidade).

Portopar - Investimentos
3366-5918 - (Grande São Paulo).
SAC: 0800 727 2763 - (informações, reclamações e cancelamentos).
0800 72 78736 - (atendimento exclusivo para deficiente auditivo, através de equipamento habilitado para essa finalidade).

Porto Consórcio
3366-3006 - (Grande São Paulo).
0800 721 3006 - (Demais Localidades).
SAC: 0800 727 2743 - (informações, reclamações e cancelamentos).
0800 72 78736 - (atendimento exclusivo para deficiente auditivo, através de equipamento habilitado para essa finalidade).

Porto Seguro Saúde e Odontológico
3366-3003 - (Grande São Paulo).
0800 727 2800 - (Demais Localidades).
SAC: 0800 727 2762 - (informações, reclamações e cancelamentos).
0800 72 78736 - (atendimento exclusivo para deficiente auditivo, através de equipamento habilitado para essa finalidade).

Cartão Porto Seguro Visa
4004-3600 - (Grande São Paulo).
0800 727 7477 - (Demais Localidades).
SAC: 0800 727 2769 - (informações, reclamações e cancelamentos).
0800 701 5582 - (atendimento exclusivo para deficiente auditivo, através de equipamento habilitado para essa finalidade).
55 11 3366 3126 - (Central de Relacionamento no Exterior).

Porto Seguro Serviços ao Condomínio
Atendimento Porto Seguro Serviços ao Condomínio:
3366-3240 - (Grande São Paulo).
4004-2600 - (Demais Localidades).

Proteção e Monitoramento
Alarmes Monitorados:
4004-2288 - (regiões metropolitanas).
0800 72 70343 - (Demais Localidades).
Transportes Monitorados: 3366-8781
Rastreador: 0800 72 70317

SUL AMÉRICA SEGUROS
4004 4100 (capitais e áreas metropolitanas)
0800 727 4100 (demais regiões)


Central de Atendimento / Sinistros / Vistorias
Capitais e regiões Metropolitanas: 4004-2227
Demais: 0800 702 2227
Assistência 24 horas
Assistência 24 horas: 0800 707 5050
Central de Atendimento de Vidros
São Paulo (Capital) e Rio de Janeiro (Capital): 4004-1692
Demais: 0800 707 8005
Atendimento em Japonês
Para todas as localidades: 0800 702 8181

TOKIO MARINE
Assistência 24 horas Auto: Capitais 0800 707 5050 Demais localidades: 4004 2227
Assistência 24 horas Condomínio 0800 707 5050
Assistência 24 Horas à Empresa 0800 707 5050
Assistência 24 Horas Residencial Premiado 0800 707 5050


UNIBANCO AIG SEGUROS (24 HS)
0800 014 9080

YASUDA SEGUROS
Yasuda Auto
Assistência 24 horas*
Brasil: 0800 702 1706
Internacionais: a cobrar via telefonista (55 11) 4689-5655 Carro Reserva* 0800 170 102
Danos a Vidros* 0800 707 7376
Yasuda Residencial
Assistência Domiciliar 24 horas* 08000 555 394
Yasuda Empresarial
Assistência 24 horas* 08000 131 927
Yasuda Condomínio
Assistência 24 horas* 08000 131 927
Yasuda Transportes
Yasuda S.O.S. Cargas* 0800 723 3002
Central de Vistorias de Veículos 0km e Peças de Reposição*
0800 703 3880
Yasuda Vida em Grupo e Acidentes Pessoais
Assistência Funeral* Brasil: 0800 702 1706
Internacionais: a cobrar via telefonista (55 11) 4689-5655

HDI estréia nova campanha publicitária

No último final de semana a HDI Seguros estreiou sua nova campanha publicitária em várias revistas de grande circulação nacional. A campanha anterior "HDI Seguros: |Tudo pelo seu bem", criada pela Lew Lara,  valorizava os principais produtos da companhia, como os seguros de autos e o serviço "Bate Pronto", destacando diferenciais como preço e agilidade de atendimento.

A nova campanha, criada pela agência Pátria, responsável pela comunicação publicitária da HDI Seguros desde o mês de abril, é entitulada "HDI Seguros: É de bate-pronto" e foca a agilidade no atendimento e a possibilidade do consumidor personalizar o seu seguro da maneira que desejar, evitando contratar coberturas que não o interessa.

Para quem ainda não viu, segur abaixo imagem do anúncio publicado na revista Veja, edição 2164.

Seguro de garantia enfrenta prova de fogo

Fonte: Brasil Econômico - Thais Folego

Projetos de infraestrutura para PAC, Copa do Mundo e Olimpíada demandarão bilhões de dólares de capacidade das seguradoras e resseguradoras no país

Os projetos de infraestrutura previstos para os próximos anos no Programa de Aceleração do Crescimento (PAC), Copa e Olimpíada demandarão bilhões de dólares de capacidade das seguradoras e resseguradoras em seguro de crédito que, como o próprio nome sugere, garante o fiel cumprimento das obrigações descritas nos contratos.

A indústria de seguros garante que a capacidade e o apetite pelos riscos brasileiros existem.

Mas o setor terá de fazer uma força tarefa para assegurar todas as obras, assim como como as empresas envolvidas nas construções terão de dar informações detalhadas e precisas necessárias para a análise do risco.

"Garantias para projetos tão grandes já foramemitidas recentemente, demonstrando a capacidade do mercado em absorver esses riscos. O principal entrave, porém, é a concentração de todos os grandes projetos em um pequeno número de empresas, o que gera uma exposição muito elevada junto aos resseguradores, dificultando a aprovação de capacidade adicional para os novos projetos", explica Christian

Garbrecht, chefe da área de desenvolvimento de negócios da Munich Re. Ainda assim, ele acredita que o mercado brasileiro reúna condições para assumir os riscos que virão nos próximos anos, desde que as condições exigidas nas garantias sejam viáveis, que as informações necessárias para análise estejam disponíveis e que o mercado tenha tempo para analisar os projetos detalhadamente.

Para Cristina Tseimatzidis, gerente deGarantia da corretora Marsh, capacidade há, mas o mercado terá de se organizar e trabalhar com sinergias para concedê-la. "Terá de haver parcerias não só em seguro, mas também em resseguros, para oferecer capacidade para um mesmo risco", avalia Cristina.

"Além disso, o IRB deve pensar em aumentar sua capacidade e a Susep deve autorizar a entrada de novas empresas de seguro e resseguro no Brasil." E a indústria já começou a se mexer. Para atender às necessidades de seguro garantia para a usina hidrelétrica de Belo Monte foi criado umpool de seguradoras formado por JMalucelli, Banco Fator e UBF Seguros. Cominvestimentos previstos em R$ 21 bilhões, estima-se que o valor total das garantias para a usina deva girar emtornodeR$6bilhões.

O programa de garantia da usina hidrelétrica de Santo Antônio, no Rio Madeira (RO), por exemplo, foi desafiador, segundo Luis Barretto, vice-presidente da Odebrecht Administradora e Corretora de Seguros, pois o volume de investimento era muito alto. A Odebrecht é a líder do consórcio que está construindo a hidrelétrica e tem uma corretora de seguros própria para contratar os programas de seguros do grupo. "Pelo modelo de project finance do projeto, tivemos de convencer os bancos que o risco era mensurável e mitigável", comenta Barreto. Ele estima que os 107 novos projetos que a Odebrecht tem ao redor do mundo deverão exigir US$ 8 bilhões em novos contratos de garantia.

Para ter uma noção do apetite das seguradoras, essamodalidade de seguro foi o destaque da Zurich Corporate Conference 2010, que aconteceu semana passada no Guarujá (SP). "Para o Brasil temos capacidade de US$ 500 milhões por projeto", afirma Sean McGroarty, vice-presidente para mercados emergentes de seguro garantia, crédito e risco político da Zurich.

Empresas do setor garantem que existem capacidade e apetite pelos riscos brasileiros

TIPOS DE GARANTIA

1.Garantia do executante, construtor ou fornecedor

Esse seguro garante a fiel execução do contrato. Ele assegura a indenização dos prejuízos decorrentes da inadimplência do tomador (empresa vencedora da licitação para construção do projeto) em relação às suas obrigações assumidas em contratos de construção, de fornecimento ou de prestação de serviço

2. Garantia do concorrente

Apólice garante que, uma vez vencendo a concorrência para a construção de um projeto, a empresa ou consórcio de empresas realmente assine o contrato de execução da obra nos termos do edital, evitando que o segurado tenha que abrir nova concorrência. Esse seguro também é chamado de bid bond.

3. Garantia de completion

Esse seguro garante para o agente financiador da obra a sua entrega e entrada em operação.A apresentação dessa garantia facilita (quando não é essencial) para a obtenção do financiamento desses projetos, especialmente se os recursos vierem de bancos de desenvolvimento.

Para espanhola Cesce, Brasil é o mercado numero 1

Fonte: Brasil Econômico

Empresa tem como acionistas os maiores do mundo, como Santander, Munich Re e BBVA

Eles têm como um de seus acionistas um dos maiores resseguradores do mundo, a Munich Re, responsável por cerca de 40% da capacidade concedida para seguro garantia no Brasil.

Com mais de 40 anos de experiência na Europa, a Cesce desembarcou no Brasil em 1996 com operações de seguro garantia e, desde 2003, também atua em seguros de crédito interno e à exportação. Com a economia do Brasil aquecida, a seguradora espanhola está investindo em sistemas de informática e modelos atuariais para gerenciamento de riscos comerciais para apólices de crédito. A expectativa é que o negócio cresça 30% este ano.

Os senhores acabaram de inaugurar o escritório-sede da Cesce emSão Paulo. Quais são seus planos para o país?

A Cesce é um grupo internacional -tem como acionistas o Santander, a Munich Re e o BBVA-, que está fazendo uma expansão internacional há muitos anos.

Somos líderes em garantia e crédito no mercado sul-americano, mas dentro da região há mercadosmarginais e outros em crescimento. O mais importante é o Brasil.Éomercado número um para a Cesce neste momento na América do Sul, com maior potencial para o nosso negócio. O Brasil vai ser o país da moda pelo menos para os próximos seis anos, não só por conta dos projetos para a Copa e a Olimpíada, mas pela própria dinâmica econômica do país, pela estabilidade financeira e política, que são fatores decisivos para a implementação de estratégias de longo prazo. No Brasil, o volume de seguro garantia e de crédito aindaémuito baixo. Por isso, a nossa estratégia aqui não tem comparação com nenhuma outra operação nossa no mundo.

Na avaliação do senhor, há capacidade do setor de seguros para atender todos os projetos que estão planejados? Se não, como deve ser a atuação do governo?

No cenário teórico, o volume deseguro garantia necessário para os projetos de infraestrutura vai aumentar substancialmente. Se o mercado internacional não proporcionar capacidade suficiente para as obras, é legítimo que o governo brasileiro entre oferecendo capacidade necessária, mas é importante a forma como isso será feito. Ele deve dar apoio às seguradoras que já estão no mercado de seguros.

Não deve entrar de forma direta, criando distorções de concorrência e critérios. No segmento de seguro de crédito à exportação, quais são os diferenciais da Cesce em relação à concorrência?

O que queremos oferecer é a gestão de risco comercial, principalmente para pequenas e médias empresas, que estão mais expostas ao risco de atraso nos pagamentos e têm menos capacidade de obter financiamento no mercado. Com o boom da economia, o número de transações econômicas vai aumentar em uma velocidade rápida e o número de inadimplentes pode acabar crescendo também.