quinta-feira, 26 de abril de 2018

Bradesco Seguros divulga lucro de R$ 1,56 bi no 1o. tri

Fonte: Sonho Seguro

O grupo Bradesco Seguros divulgou lucro líquido de R$ 1,56 bilhão de janeiro a março de 2018, nos segmentos de seguros, capitalização e previdência complementar aberta, 13,8% acima do mesmo resultado obtido em mesmo período de 2017. O total pago em indenizações e benefícios atingiu R$ 13,7 bilhões, correspondentes a mais de R$ 220 milhões por dia útil.

A divulgação vem junto com o balanço do banco, que anunciou lucro líquido recorrente de R$ 5,102 bilhões no primeiro trimestre deste ano, cifra 9,8% maior que a registrada no mesmo intervalo de 2017, de R$ 4,648 bilhões. O lucro com o braço segurador representou 31% no trimestre.

A participação da previdência no resultado registrou ligeiro decréscimo, para R$ 879 milhões, como mostra o quadro acima, com ramos elementares e outros avançando para R$ 400 milhões. Segundo comunicado do grupo, o Índice de Eficiência Administrativa do grupo segurador completou o quarto trimestre consecutivo em 3,9%, inferior aos 4% registrados no primeiro trimestre de 2017. O Índice de Comercialização acusou melhora de 0,4 ponto percentual, atingindo 9,5%, e o Índice Combinado manteve o patamar de 85%.

Apesar de a perspectiva para o crescimento das receitas para 2018 estar no intervalo entre 4% e 8%, a performance do primeiro trimestre é negativa em 2,1%.

O resultado financeiro, segundo comunicado, superou em 7,5% o registrado no mesmo período de 2017 e em 9,4% o do quarto trimestre do ano passado. As provisões técnicas superaram R$ 250 bilhões, correspondentes a cerca de 27% do total do mercado segurador, e os ativos financeiros alcançaram aproximadamente R$ 280 bilhões.

O grupo informa ter encerrado o trimestre com cerca de 25% de market share e mais de 53 milhões de segurados, participantes, clientes e contratos – aumento de 5% em relação ao primeiro trimestre de 2017. Vale ressaltar que as estatísticas do primeiro trimestre do mercado segurador ainda não foram divulgadas pela Superintendência de Seguros Privados (Susep).

0 comentários:

Postar um comentário

Escreva aqui seu comentario